infinitos segundos

“Ninguém viveu no mundo, ninguém viverá no mundo. O presente é a forma de toda a vida. É uma posse que nenhum mal pode lhe tirar. O tempo é como um círculo que gira infinitamente. O arco que desce é o passado, o que sobe é o futuro. Tudo foi dito. A menos que as palavras mudem de sentido. E o sentido, de palavras”

(Alpha 60)

 

Alphaville, 1965

direção: Jean-Luc Godard

Anúncios

2 Respostas para “infinitos segundos

  1. Fernando.. quanta inspiração num só dia!!
    Excelentes posts!

    =)

  2. Godard em sua fase áurea. Fantástico!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s